Painel informativo.

- TRÊS VEZES ADMIRÁVEL pela grandeza de sua posição junto à Trindade, como filha predileta do Pai, Mãe do Filho e Esposa do Espírito Santo. Também por ser Mãe de Deus, Mãe do Redentor e Mãe dos Remidos.'

MISTERIOS DE

O Santo Rosário compreende a meditação dos vinte mistérios da Fé Católica, divididos em quatro grupos de cinco mistérios - denominados Terço - e nos leva diariamente ao estudo e meditação profunda da Palavra Sagrada da Bíblia e das passagens mais importantes do Evangelho. Aos mistérios originais, recentemente o Papa João Paulo II instituiu novas meditações, sendo que os mistérios do Santo Rosário são:
Mistérios Gozosos - Natalidade e crescimento de Jesus
Mistérios Dolorosos - Agonia, sofrimento e morte: Amor aos pecadores
Mistérios Gloriosos - Vitória, Salvação, Proteção
Mistérios Luminosos - A humildade, os milagres e o eterno Amor

VOCÊ É ESPECIAL!

Pesquisar neste blog

ORAÇÃO OFICIAL DO TERÇO DOS HOMENS MÃE RAINHA





A incredulidade é uma das razões fundamentais do medo.


A incredulidade não é superada pela compreensão de que Jesus é o enviado do Pai. A fé exige uma adesão incondicional à pessoa de Jesus. A reação de Jesus ante a observação dos discípulos é enigmática. A expressão pode ter, ao menos, dois significados: pode denunciar a pretensão dos discípulos de imaginarem ter compreendido o mistério de Jesus Cristo enviado do Pai para a salvação do mundo ou, ainda, denunciar que eles permanecem mergulhados na ignorância. Ora, somente a experiência, mediada pelo Espírito Santo, é que pode fazer compreender o mistério presente nas palavras e gestos de Jesus. É exatamente nisso que consiste a promessa de Jesus para depois da ressurreição (cf. Jo 16,12-15). A incredulidade é uma das razões fundamentais do medo. Diante da paixão e morte de Jesus, os discípulos o abandonarão. A incredulidade é uma das razões importantes do medo que dispersa e abandona. Os discípulos deverão passar pela dura prova da paixão e morte de Jesus para poderem chegar à verdadeira fé. Mas se os discípulos abandonarão Jesus, o Pai que é sempre fiel permanecerá com ele (v. 32c). A vitória do Cristo ressuscitado deve encorajar os discípulos a não esmorecerem ante o desafio da missão e a perseguição.

Carlos Alberto contieri.