Painel informativo.

- TRÊS VEZES ADMIRÁVEL pela grandeza de sua posição junto à Trindade, como filha predileta do Pai, Mãe do Filho e Esposa do Espírito Santo. Também por ser Mãe de Deus, Mãe do Redentor e Mãe dos Remidos.'

MISTERIOS DE

O Santo Rosário compreende a meditação dos vinte mistérios da Fé Católica, divididos em quatro grupos de cinco mistérios - denominados Terço - e nos leva diariamente ao estudo e meditação profunda da Palavra Sagrada da Bíblia e das passagens mais importantes do Evangelho. Aos mistérios originais, recentemente o Papa João Paulo II instituiu novas meditações, sendo que os mistérios do Santo Rosário são:
Mistérios Gozosos - Natalidade e crescimento de Jesus
Mistérios Dolorosos - Agonia, sofrimento e morte: Amor aos pecadores
Mistérios Gloriosos - Vitória, Salvação, Proteção
Mistérios Luminosos - A humildade, os milagres e o eterno Amor

VOCÊ É ESPECIAL!

Pesquisar neste blog

ORAÇÃO OFICIAL DO TERÇO DOS HOMENS MÃE RAINHA





01 de Fevereiro - Santa Brígida


Santa Brígida de Kildare virgem (450-525)

Santa Brígida de Kildare virgem (450-525)
Em meio ao grande florescimento de santos irlandeses, entre os séculos IV e VIII, destaca-se essa mulher, venerada como a segunda padroeira da Irlanda, depois de são Patrício. Ela fundou o primeiro convento feminino na “ilha dos santos”, a partir do qual se originaram centenas de lendas e diversas comunidades femininas, todas inspiradas na regra ditada por essa santa, as quais enriqueceram o calendário de outros inúmeros santos. 
No centro da espiritualidade de Kildare se encontra o constante apelo à misericórdia divina e à caridade para com os pobres. Com efeito, a santa aparece habitualmente representada em companhia de uma vaca, visto ser venerada como padroeira dos leiteiros e (por que não?) dos pacíficos ruminantes, fonte de precioso alimento, pois o senso prático da excelente mulher encontrara meio de saciar a fome de muitos pobres que batiam às portas do convento.

Outros santos e beatos:
Beato Antônio Manzoni (1237-1267) — peregrino de Pádua; distribuiu todos os seus haveres aos pobres e viveu de esmolas, peregrinando de santuário em santuário.
Santa Brígida de Fiésole — religiosa do século IX, irmã de santo André, abade de São Donato de Fiésole.
Santa Cínia — princesa irlandesa convertida por são Patrício. 
São Claro (†1048) — eremita beneditino da diocese de Mogúncia. 
Santa Crewenna — outra santa irlandesa do século V.
Santa Dardulacha (†524) — sucedeu a santa Brígida na direção do convento de Kildare.
Santo Henrique Morse (1549-1645) — jesuíta; um dos 40 mártires da Inglaterra, canonizado em 1970. Convertido ao catolicismo, em 1626 ingressou na Companhia de Jesus e se empenhou na prática das obras de caridade. Encarcerado duas vezes, foi decapitado em Tyburn. 
Santo Iarlath (†480) — bispo irlandês de Armagh, discípulo de são Patrício.
São João (1098-1161) — conhecido como “da Gradinha”, em virtude da grade que cercava seu túmulo; biSão Paulo (†405) — bispo de Trois-Château, no Delfinado.
santos Piônio e companheiros — 16 pessoas martirizadas em 250. Foram queimadas na fogueira ao serem descobertas enquanto celebravam a festa de aniversário do martírio de são Policarpo.
São Seiriol Wyn — monge galês do século VI.
São Severo — dois são os santos com esse nome, cuja memória é celebrada neste dia: um, bispo de Ravena, falecido em 348; o segundo, bispo de Avranches, na França, falecido em 690.
São Sigisberto — rei da Austrásia (leste da França ou França oriental) — falecido aos 25 anos, em 656; fundou hospitais e igrejas — bom cristão, mas medíocre monarca.
Santo Urso de Aosta — arcediago do século VI, de origem irlandesa.