Painel informativo.

- TRÊS VEZES ADMIRÁVEL pela grandeza de sua posição junto à Trindade, como filha predileta do Pai, Mãe do Filho e Esposa do Espírito Santo. Também por ser Mãe de Deus, Mãe do Redentor e Mãe dos Remidos.'

MISTERIOS DE

O Santo Rosário compreende a meditação dos vinte mistérios da Fé Católica, divididos em quatro grupos de cinco mistérios - denominados Terço - e nos leva diariamente ao estudo e meditação profunda da Palavra Sagrada da Bíblia e das passagens mais importantes do Evangelho. Aos mistérios originais, recentemente o Papa João Paulo II instituiu novas meditações, sendo que os mistérios do Santo Rosário são:
Mistérios Gozosos - Natalidade e crescimento de Jesus
Mistérios Dolorosos - Agonia, sofrimento e morte: Amor aos pecadores
Mistérios Gloriosos - Vitória, Salvação, Proteção
Mistérios Luminosos - A humildade, os milagres e o eterno Amor

VOCÊ É ESPECIAL!

Pesquisar neste blog

ORAÇÃO OFICIAL DO TERÇO DOS HOMENS MÃE RAINHA





Pe. Flávio e Coordenadores preparados para a grande Romaria.

Em contagem regressiva para a 2ª Romaria do Terço dos Homens Mãe Rainha, que acontecerá amanhã dia 30 de maio, informamos as diversas caravanas que virão de toda Diocese e outras Diocese vizinhas que a concentração será na Igreja Matriz de Patu às 06h e que sairá a caminhada até o Santuário onde acontecerá toda programação informada aqui no blog. Contamos com a participação de todas famílias, neste grande momento de Fé, amor e gratidão.

Coroação de Nossa Senhora Mãe e Rainha.

Aconteceu hoje na Casa da Mãe Rainha a coroação a Nossa Senhora por um grupo de crianças do Colégio Sagrado Coração de Maria, momento esse simples, mas de grande emoção para todos que participaram da Santa Missa. Aproveitamos para convidar a comunidade para participar todo sábado às 8h na Casa da Mãe Rainha da missa dedicada a Nossa Senhora. End. rua Marechal Hermes, 345 - Bom Jardim - Mossoró/RN

Evangelho (Marcos 11,27-33)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 27Jesus e os discípulos foram de novo a Jerusalém. Enquanto Jesus estava andando no Templo, os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os anciãos aproximaram-se dele e perguntaram: 28”Com que autoridade fazes essas coisas? Quem te deu autoridade para fazer isso?” 29Jesus respondeu: “Vou fazer-vos uma só pergunta. Se me responderdes, eu vos direi com que autoridade faço isso. 30O batismo de João vinha do céu ou dos homens? Respondei-me”.
31Eles discutiam entre si: “Se respondermos que vinha do céu, ele vai dizer: ‘Por que não acreditastes em João?’ 32Devemos então dizer que vinha dos homens?” Mas eles tinham medo da multidão, porque todos, de fato, tinham João na qualidade de profeta. 33Então eles responderam a Jesus: “Não sabemos”. E Jesus disse: “Pois eu também não vos digo com que autoridade faço essas coisas”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus é questionado sobre sua autoridade

Após a denúncia do Templo como antro de ladrões, Jesus é questionado pelas autoridades do Estado judaico. Sumos sacerdotes, escribas e anciãos, proprietários de terras, compunham o sinédrio, instância máxima do poder em Jerusalém. Instalados em seu poder, não admitemnenhuma autonomia ou contestação. Eles vêm não para o diálogo, mas sim para a repressão. Jesus devolve-lhes outra questão e embaraça-os. Percebe-se neste texto a importância do batismo de João na tradição do povo e como Jesus valoriza seu ministério. O batismo de João significa a conversão para a justiça, o que elimina o pecado. Ele "vem do céu", isto é, é o projeto do Reino de Deus. O batismo de João e o anúncio e a prática de Jesus não vêm para corroborar o poder do sinédrio e do Templo. Vêm para libertar o povo do jugo deste poder e reunir este povo na comunhão de vida e no usufruto da paz.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: São Maximino

Nasceu na França no século IV e muito cedo sentiu o chamado a vida sacerdotal.

Sucedeu Agrício e teve que combater o Arianismo, que confundia muitos cristãos.

São Maximino apoiou Santo Atanásio nessa luta, sofreu com ele, e se deparou até com o Imperador.
Bispo da Igreja, viveu seu magistério e serviço à Palavra sob ataques, mas não conseguiram matá-lo. Viveu até o ano de 349 deixando este testemunho e convocação: sermos cooperadores da verdade.

O santo de hoje é um ícone do amor a Cristo, à Igreja e à Verdade.

São Maximino, rogai por nós!

Evangelho (Marcos 11,11-26)


— O Senhor esteja convosco
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Tendo sido aclamado pela multidão, 11Jesus entrou, no Templo, em Jerusalém, e observou tudo. Mas, como já era tarde, saiu para Betânia com os doze. 12No dia seguinte, quando saíam de Betânia, Jesus teve fome. 13De longe, ele viu uma figueira coberta de folhas e foi até lá ver se encontrava algum fruto. Quando chegou perto, encontrou somente folhas, pois não era tempo de figos. 14Então Jesus disse à figueira: “Que ninguém mais coma de teus frutos”. E os discípulos escutaram o que ele disse.
15Chegaram a Jerusalém. Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os que vendiam e os que compravam no Templo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos vendedores de pombas. 16Ele não deixava ninguém carregar nada através do Templo. 17E ensinava o povo, dizendo: “Não está escrito: `Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos’? No entanto, vós fizestes dela uma toca de ladrões”. 18Os sumos sacerdotes e os mestres da Lei ouviram isso e começaram a procurar uma maneira de o matar. Mas tinham medo de Jesus, porque a multidão estava maravilhada com o ensinamento dele. 19Ao entardecer, Jesus e os discípulos saíram da cidade. 20Na manhã seguinte, quando passavam, Jesus e os discípulos viram que a figueira tinha secado até a raiz. 21Pedro lembrou-se e disse a Jesus: “Olha, Mestre: a figueira que amaldiçoaste secou”. 22Jesus lhes disse: “Tende fé em Deus. 23Em verdade vos digo, se alguém disser a esta montanha: `Levanta-te e atira-te no mar`, e não duvidar no seu coração, mas acreditar que isso vai acontecer, assim acontecerá. 24Por isso vos digo, tudo o que pedirdes na oração, acreditai que já o recebestes, e assim será. 25Quando estiverdes rezando, perdoai tudo o que tiverdes contra alguém, 26para que vosso Pai que está nos céus também perdoe os vossos pecados”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho

A misericórdia e o perdão

Marcos insere a narrativa da expulsão dos vendedores do Templo na parábola da figueira. Esta figueira estéril representa o sistema religioso do Templo, infiel ao projeto de Deus. O Templo tinha um anexo, o tesouro, onde se guardavam as riquezas acumuladas a partir das ofertas do povo. Transformara-se em "um antro de ladrões". Jeremias já havia feito denúncia semelhante (Jr 7,11). A fé que remove a montanha (o Monte Sion, com Jerusalém e o Templo, diante do qual estavam Jesus com os discípulos) significa a libertação da estrutura religiosa que oprimia o povo. A misericórdia e o perdão são o que agrada ao Pai que está nos céus.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: São Germano

Seu nome quer dizer 'irmão'. Nasceu em 378 na França. Foi muito cedo para os estudos e acabou estudando Direito em Roma. Mas, seu grande desejo era o de viver o Santo Evangelho. E foi pautando a sua vida na Palavra do Senhor.
Homem de oração e escuta, era dócil e pronto para renunciar a si mesmo para optar pelo querer de Deus.

Germano foi visitado pela Divina Providência. Foi eleito governador da alta Itália, mas de repente, com a morte do bispo em sua terra natal, o povo e o clero o escolheram bispo.

São Germano renunciou a sua vontade e quis a vontade de Deus em sua vida.
Ele promoveu a vida monástica e a evangelização na França. Foi um apóstolo de Jesus Cristo. cheio do Espírito Santo.
Precisamos viver como verdadeiros irmãos,

São Germano, rogai por nós!

Venha participar conosco!

O Terço dos Homens da Casa da Mãe Rainha, convida a todos os integrantes do grupo, suas famílias, amigos e demais paroquianos e paroquianas para participarem hoje dia 27 de maio do Terço às 18h. Como é de costume toda ultima quinta do mês o Terço é dedicado as famílias, pois é um momento forte de oração e gratidão a Jesus e a nossa Mãe e Rainha por todas as graças recebidas, na ocasião celebramos também o dom da vida, onde todos os aniversariantes do mês e demais presentes são convidados a participar de um momento confraternização no Espaço Mãe Peregrina ao lado da Casa da Mãe Rainha.

Esperamos vocês!

Ladainha do Sagrado Coração

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
J esus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai dos céus, tende piedade de nós.
Deus filho, redentor do mundo, ( repetir tende piedade em cada linha)
Deus Espírito Santo,
Santíssima Trindade, que sois um só Deus,
Coração de Jesus, filho do Pai eterno,
Coração de Jesus, formado pelo Espírito Santo no seio da Virgem Maria,
Coração de Jesus, unido substancialmente ao Verbo de Deus,
Coração de Jesus, de majestade infinita,
Coração de Jesus, templo santo de Deus,
Coração de Jesus, tabernáculo do Altíssimo,
Coração de Jesus, casa de Deus e porta do céu,
Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade,
Coração de Jesus,receptáculo de justiça e de amor,
Coração de Jesus, cheio de bondade e de amor,
Coração de Jesus, abismo de todas as virtudes,
Coração de Jesus, digníssimo de todo o louvor,
Coração de Jesus, Rei e centro de todos os corações,
Coração de Jesus, em que se encerram todos os tesouros da sabedoria e ciência,
Coração de Jesus, onde habita toda a plenitude da divindade,
Coração de Jesus, em que o Pai pôs toda a sua complacência,
Coração de Jesus, de cuja plenitude todos nós recebemos,
Coração de Jesus, o desejado das colinas eternas,
Coração de Jesus, paciente e de muitas misericórdias,
Coração de Jesus, riquíssimo para todos que vos invocam,
Coração de Jesus, fonte de vida e santidade,
Coração de Jesus, propiciação por nossos pecados,
Coração de Jesus, saturados de opróbrios,,
Coração de Jesus, triturado de dor por causa de nossos crimes,
Coração de Jesus, obediente até à morte,
Coração de Jesus, tranpassado pela lança,
Coração de Jesus, fonte de toda a consolação,
Coração de Jesus, nossa vida e ressurreição,
Coração de Jesus, nossa paz e reconciliação,
Coração de Jesus, vítima dos pecadores,
Coração de Jesus, salvação dos que esperam em vós,
Coração de Jesus, esperança dos que morrem em vós,
Coração de Jesus, delícia de todos os santos,

Cordeiro de Deus, que tirai os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhos.
Cordeiro de Deus, que tirai os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

- Jesus, manso e humilde de coração.
Fazei nosso coração semelhante ao vosso.

Oremos:
Deus onipotente e eterno, olhai para o Coração de vosso filho diletíssimo e para os louvores e as satisfações que ele, em nome dos pecadores, vos tributa; e aos que imploram a vossa misericórdia concedei benigno o perdão em nome do vosso mesmo Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.

Evangelho (Marcos 10,46-52)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho. 47Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno, estava passando, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!”.
48Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” 49Então Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Eles o chamaram e disseram: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” 50O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus. 51Então Jesus lhe perguntou: “Que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Mestre, que eu veja!” 52Jesus disse: “Vai, a tua fé te curou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho

"Que queres que eu te faça?"

Jesus, no caminho para Jerusalém, passa por Jericó, situada a cerca de 25 km daquela cidade de destino. Os discípulos o acompanham, sem ainda compreenderem, com clareza, o sentido pleno de sua missão, pois tinham dele uma visão triunfalista. O cego que estava à beira do caminho, de certo modo, é a imagem destes discípulos em sua incompreensão. Ele "vê" Jesus como o "Filho de Davi", messias poderoso e triunfante da tradição judaica do Primeiro Testamento. Contudo, este homem quer libertar-se de sua cegueira. Jesus pergunta-lhe: "Que queres que eu te faça?". Esta pergunta havia sido dirigida, pouco antes (cf. 26 maio), a Tiago e João, cuja resposta revela que, cegamente, aspiravam ao poder. Bartimeu simplesmente quer "ver", e, vendo Jesus Nazareno com clareza, ele o segue em seu caminho. Nossa fé consiste em "ver" Jesus presente, hoje, no mundo, caminhando com seus discípulos na construção de um mundo novo de justiça e paz.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: Santo Agostinho de Cantuária

Bispo

Monge beneditino, viveu em um mosteiro de Roma fundado por São Gregório Magno. Santo Agostinho na Grã- Bretanha exerceu santamente sua missão de levar muitos a santidade e assim santificar-se.

O Papa São Gregório enviou missionários para anunciar a Boa Nova nas Ilhas Britânicas, 40 monges estavam sob o comando de Agostinho, que corajosamente avançou em direção aos anglo-saxões que possuíam uma fama de cruéis. Agostinho ao chegar, expôs ao rei sua pregação e pediu-lhe autorização para pregar com seus irmãos.
O trabalho de evangelização foi tão fecundo que em menos de um ano, mais de dez mil pessoas se converteram, inclusive o rei Etelberto.

Ajudado sempre pelo Papa, Santo Agostinho, na obediência acolheu as direções do Espírito e foi ordenado bispo. Com o surgimento de novas necessidades pastorais, tornou-se arcebispo. Com a ajuda de muitos outros missionários, alcançou a graça da conversão, praticamente para todos da ilha. Entrou na Igreja Triunfante, com outros, em 605.

Santo Agostinho de Cantuária, rogai por nós!

Evangelho (Marcos 10,32-45)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 32os discípulos estavam a caminho, subindo para Jerusalém. Jesus ia na frente. Os discípulos estavam espantados, e aqueles que iam atrás estavam com medo. Jesus chamou de novo os Doze à parte e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele: 33“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem vai ser entregue aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos. 34Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo. E depois de três dias ele ressuscitará”. 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “Que quereis que eu vos faça?” 37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!”
38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós be­bereis o cálice que eu devo beber e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.
41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. 42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.”

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho

A prática dominadora dos poderosos

Jesus dirige-se a Jerusalém, capital do Judaísmo, para aí fazer seu anúncio libertador. Sabe que está ameaçado de morte, mas não renuncia à sua liberdade de anunciar o Reino. Ele adverte os discípulos sobre isso. Eles ainda acham que Jesus poderia liderar um movimento de libertação da nação judaica. É o que se vê no pedido de Tiago e João a Jesus. Eles pensam em posições de destaque em um reino de poder temporal. Jesus, em resposta, confronta a prática dominadora dos poderosos deste mundo com a prática de serviço que deve caracterizar as comunidades de discípulos que formam o Reino de Deus presente entre nós.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: São Filipe Néri

O santo da alegria

Nasceu em Florença, Itália, no ano de 1515.
Depois de ficar órfão, recebeu um convite de seu tio para que se dedicasse aos negócios. Mas, tendo vida de oração e discernimento, ele percebeu que Deus o chamava a um outro negócio: expressar com a vida a caridade de Cristo.

Néri foi estudar em Roma. Estudou Filosofia e Teologia, se deixando conduzir e formar pelo Espírito Santo. E mesmo antes de ser padre visitava os lugares mais pobres de Roma. Formou uma Associação para cuidar dos doentes pobres.

São Filipe disse sim para a glória de Deus e iniciou a bela obra do Oratório do Divino Amor, se dedicando aos jovens e testemunhando sua alegria. Vivia da Divina Providência,indo aos lares dos ricos pedir pelos pobres.

Homem de oração, penitencia e adoração.

Partiu para o céu com 80 anos, deixando para nós esse testemunho: renunciar a si mesmo, tomar a cruz a cada dia e seguir Jesus, é uma alegria!


São Filipe Néri, rogai por nós!

DIOCESE DE MOSSORÓ CONVIDA.


PALESTRA- FORMAÇÃO ACADÊMICA E LEITURA POPULAR DA BIBLIA


PALESTRANTE- PROFESSOR DOUTOR LUIZ CARLOS MARQUES ( RECIFE-PE)
DATA-28/05/2010
LOCAL- CAPELA AUDITÓRIO DO COLÉGIO DIOCESANO
HORÁRIO- 19H30
ENTRADA- GRATUÍTA



Palestrante:


Prof. Dr. Luiz Carlos Luz Marques - Doutor em História Religiosa. Doutor em História das Religiões pela Università degli Studi, Bologna (1998). Professor Assistente III da Universidade Católica de Pernambuco, membro do colegiado do Mestrado em Ciências da Religião. Coordenador do Curso de Licenciatura em História, da mesma Universidade. Organizou e coordenou, entre 2002 e 2009, o projeto internacional de publicação das Obras Completas de Dom Helder Camara, em nome do Instituto Dom Helder Camara do Recife. É ligado às seguintes instituições de pesquisa no exterior: Centro per l'Ecumenismo in Italia, Istituto per le Scienze Religiose di Bologna, Associazione Italiana per lo Studio della Santità, dei Culti e dell'Agiografia. Dedica-se especialmente aos seguintes temas: Igreja católica, hagiografia crítica, Concílio Vaticano II, Dom Helder Camara, igrejas e movimentos religiosos no Brasil do século XX.

Evangelho (Marcos 10,28-31)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 28começou Pedro a dizer a Jesus: “Eis que nós deixamos tudo e te seguimos” 29Respondeu Jesus: “Em verdade vos digo, quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, campos, por causa de mim e do Evangelho, 30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida — casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições — e, no mundo futuro, a vida eterna. 31Muitos que agora são os primeiros serão os últimos. E muitos que agora são os últimos serão os primeiros”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho


Renunciar aos bens privados

Pedro, representando a comunidade dos discípulos, diferencia-se do homem rico que não quis abrir mão de seus bens para seguir Jesus. Afirma sua opção de abandonar o apego ao bem privado e gozar do bem partilhado, comunitário. À própria família é feita a proposta de sair da redoma do isolamento doméstico e participar das relações comunitárias de partilha e fraternidade. Este não é um caminho de perfeição exclusivo para minorias religiosas. É o caminho do seguimento de Jesus na construção do mundo novo de justiça e paz: renunciar aos bens privados para usufruir dos bens comuns. Evidencia-se a proposta da rejeição dessa estrutura social, com inversão entre os "primeiros" e os "últimos". É um projeto que contraria a acumulação capitalista privada resultante da exploração do trabalho dos pequenos empobrecidos. Este projeto, assumido por causa de Jesus e do Evangelho, suscitará a perseguição por parte dos ricos beneficiários do projeto capitalista. É um projeto que, realizado agora, se insere na vida eterna do "mundo futuro". É a concretização do sonho de um mundo novo, na paz da comunhão com a natureza, com o próximo e com Deus.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: Santa Maria Madalena de Pazzi

Nasceu no ano de 1566 em Florença, na Italia, e pertenceu a uma nobre família.

Ela muito cedo se viu chamada a vida religiosa e queria se consagrar totalmente. Abandonou tudo: os bens e os projetos.

Entrou para a ordem Carmelita e ali vivenciou 25 anos. Uma aventura espiritual mística que resultou em uma grande obra com suas experiências carismáticas.

Todos os santos foram carismáticos. E a nossa Igreja é carismática, pois ela é marcada pelas manifestações do Espírito Santo. Precisamos aprender com os santos e sermos dóceis ao Espírito Santo.

Ela sofreu muito. Amou a cruz de cada dia.

Santa Maria sofreu com várias enfermidades até que entrou no Céu com 41 anos, seu lema foi: "Padecer Senhor e não morrer".


Santa Maria Madalena de Pazzi, rogai por nós!

PADRE THEODORO SE DESPEDE DE APODI E VOLTA PARA HOLANDA

Entrevista de Padre Theodoro a um blog de Apodi

A primeira pergunta claro, não poderia ser outra se não: São verdadeiros os boatos de que o senhor deixará Apodi e voltará definitivamente à Holanda?
Pe. Theodoro: (riu...), não respondeu, apenas meneou a cabeça, fazendo um sinal positivo.

Marmota Apodiense: O que levou o senhor a tomar uma decisão dessas, pois, já ouvi de sua boca por varias vezes que seu desejo era ser enterrado em Apodi? Porque mudou de idéia?
Pe. Theodoro: A decisão foi muito bem pensada, quero voltar a passar algum tempo próximo aos meus familiares, só tenho mais quatro parentes vivos, só nesse ano perdi três parentes de uma só vez, em janeiro.Já estou com mais de oitenta anos de idade, não tenho mais condições de atender a paróquia de Apodi, ela é muito grande, são 32 capelas com missas mensais, e mais a Igreja Matriz que são dois Padroeiros. São diariamente mais de 03 missas, aos domingos eu costumo celebrar 05 missas. Se eu tivesse 20 anos a menos, certamente essa não seria minha decisão.

Marmota Apodiense: então o senhor irá se aposentar?
Pe. Theodoro: eu já estou aposentado há quase dez anos, (riu e continuou...), estou dentro dos meus limites, mais não pretendo deixar o trabalho pastoral. Lá na Holanda, continuarei minha missão sacerdotal, cuidarei de uma capela que fica há uns dez quilômetros de minha casa, ajudarei a outro padre, e ficarei junto aos meus irmãos.

Marmota Apodiense: quanto tempo de trabalho religioso o senhor tem em Apodi, e o que tens feito?Pe. Theodoro: tenho 50 anos de padre, desses 27 anos só em Apodi.Marmota Apodiense: qual trabalho deixará plantado em Apodi?
Pe. Theodoro: construímos com recursos próprios e doações de amigos holandeses, 17 cenros comunitários, 32 capelas, formamos mais de 60 grupos de jovens, o que significa que Apodi tem mais grupo de jovens do que o restante de toda Diocese. Estamos ainda tentando construir mais dois, e mais uma capela. Formamos e ajudamos muitas Associações de Agricultores, e entre outros trabalhos, não gosto de falar sobre isso.

Marmota Apodiense: O senhor já tem titulo de cidadão Apodiense?
Pe. Teodoro: Sim. Recebi o titulo também de Felipe Guerra e o titulo de Norte Rio Grandense.

Marmota Apodiense: e se a Diocese colocasse outro padre para ajudá-lo, o senhor ficaria em Apodi?
Pe. Theodoro: já estou de passagens compradas, mas não sei, posso pensar. Mais acho que não, certamente eu ficaria preso a Matriz e deixaria a Zona Rural onde firmei meu trabalho pastoral, não me sentiria bem.

Marmota Apodiense: e quando será a partida?
Pe. Theodoro: no dia 29 de junho espero. No dia 27 comemoro os 50 anos de sacerdote e os 27 anos de padre em Apodi, vamos fazer uma confraternização, e no dia 29 eu viajarei.

Marmota Apodiense: e qual a mensagem aos apodienses?
Pe. Theodoro: (silêncio...), só no dia 27 eu direi.Terminamos nossa conversa relembrando as dificuldades e as saborosas aventuras de quando fundamos o grupo de Jovens de Queimadas, lembramos o inicio da construção do centro Comunitário, a energia da comunidade que se não fosse o padre até hoje Queimadas e as demais comunidades circunvizinhas não teriam energia nas casas, e entre outras.É 27 anos de muito trabalho prestado ao município, a todos os crédulos religiosos, e a juventude em especial.Palavras não serão capazes de dar significado a este simples homem, que sobre sua simplicidade conseguiu cativar uma juventude esquecida, dar oportunidades aos excluídos.Só temos a agradecer.

Por Jerlandio Moreira
Fonte: http://marmotaapodiense.blogspot.com

Orações

Oração de Consagração à Mãe e Rainha:

Ó minha Senhora e minha Mãe!
Eu me ofereço todo a Vós,
E, em prova de minha devoção para Convosco,
Eu Vos consagro neste dia
Os meus olhos, os meus ouvidos,
A minha boca, o meu coração,
E inteiramente todo o meu ser.
E porque assim sou Vosso,
Ó incomparável Mãe,
Guardai-me e defendei-me
Como coisa e propriedade Vossa.
Amém.

Oração de Confiança:

Confio em Teu poder e em Tua bondade
Em Ti confio com filialidade
Confio, cegamente, em toda a situação,
Mãe, no Teu Filho e em Tua proteção.

Oração à Mãe e Rainha:

Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável.
Mostra-Te Mãe na minha vida.
Toma-me nos Teus braços, toda vez que sou frágil.
Mostra-Te Rainha e faz do meu coração o Teu trono.
Reina em tudo o que eu fizer.
Eu Te corôo como Rainha dos meus empreendimentos, dos meus sonhos e dos meus esforços.
Mostra-Te vencedora no meu dia a dia, esmagando a cabeça da serpente do mau, nas tentações que me afligem.
Vence em mim o egoísmo, a falta de perdão, a impaciência, a falta de fé, de esperança e de amor.
Tu és Três Vezes Admirável.
Eu sou mil vezes miserável.
Converte-me Mãe, para a glória de Teu Filho Jesus.
Amém.

Oração à Imagem da Mãe e Rainha:

Maria, Mãe de Deus, em Tua imagem de graças Te revelas como a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.
Tu és a Mãe Três Vezes Admirável!
Tu és a Mãe de Deus, a Mãe do Salvador, mas também nossa Mãe. Íntimo amor Te une a Teu Filho, nosso Salvador. Este amor deseja conduzir a Ele todos os que se entregam a Ti.
As dádivas mais preciosas que lhes queres dar são os corações dos homens. Por isso eu Te peço, aceita-me e conduze a mim e a todos os que eu amo, a Teu divino Filho. Eu sei... se Te amo, o meu fraco amor enlaça-se com o Teu grande amor a Jesus Cristo. Se eu Te amo, então meu amor pode crescer e amadurecer, estará protegido, será caloroso e perseverante. Eu Te peço, presenteia o meu coração ao Teu Divino Filho. Deixa-me encontrar Nele o Pai e seu amor.
Teus olhos me contemplam bondosa e amorosamente. Sim, Teus olhos me procuram em todo o lugar, se estou andando ou parado. Tu me vês na minha alegria, na minha dor. Tu me vês quando sigo os caminhos de Deus, mas também quando estou numa encruzilhada. Vês os caminhos errados que andei. Vês minhas aspirações e minhas infidelidades.
Tu vês as pessoas que eu trago em meu coração em amor e alegria, mas também muitas vezes em aflição e com lágrimas. Vês tudo o que me oprime e o aceitas em Teu amoroso coração.
Tu enxergas tudo, assim como viste a aflição nas bodas de Caná. Eles não tinham mais vinho. E como naquela vez também hoje Te inclinas para Teu Filho Divino dizendo: Senhor, eles não tem mais o "vinho" da saúde, da existência segura, da paz, da alegria, da liberdade, do amor, da fé...
E como naquela vez, por causa de Tua palavra, Ele fará milagres de amor e misericórdia, milagres de graça.
Sinto-me amado como Teu filho, em Teu coração, e protegido com Tua bondade como se fosse envolvido num manto protetor, assim como o Filho divino que carregas em Teus braços. Posso também encontrar-me em Teus braços, no seu lugar.
Nós homens, somos irmãos e irmãs do Teu Filho. Por isso Tu és verdadeiramente minha Mãe. Eu te agradeço, Mãe, Três Vezes Admirável de Schoenstatt, por Teu amor.
Eu Te contemplo igualmente como Rainha Três Vezes Admirável.
O brilho que emana do Teu Filho, envolve a Tua imagem e mostra Tua dignidade real. Em fiel amor carregaste com Teu Filho divino a aflição e a morte de cruz, segundo a vontade do Pai Eterno. Agora participas dum modo singular de Sua magnificência e poder real.
Como "Onipotência Suplicante" junto ao trono de Deus, cuidas da edificação do Seu reino em nosso mundo. E queres atuar dum modo particular, a partir do Teu Santuário.
Teus olhos, Rainha, buscam minha contribuição, e me perguntam pelo meu testemunho, minha oração e sacrifício para a construção do reino do Pai nos corações dos homens e no mundo.
Une minha fraqueza à Tua força. Faze surgir uma Aliança em Ti e mim.
Então posso confiar, que Te revelarás, como Vencedora Três Vezes Admirável.

Oração das Crianças para implorar a beatificação do Pe. José Kentenich.

Querido Pai do Céu, sempre me dizem que és tão bom, amigo das crianças e que gostas muito de ajudar a todos os que te pedem.
O Pe. José Kentenich também gostou muito das crianças, aqui na terra; ajudou e ensinou a todas a amar muito a ti e a Mãe Celestial. E agora que ele está no céu, pode ajudar-nos ainda mais.
Ouve, Pai Celestial e atende todos os pedidos que o Pe. José Kentenich te faz por mim.
Ajuda-me!
Eu vou me esforçar para obedecer a meus pais e professores e a ser bom para com os meus irmãos e amigos.
Mãe do Céu, dá-me tua bênção e ajuda que o Pe. Kentenich seja logo proclamado santo.
Amém!

Oração para Implorar a Deus nas dificuldades e aflições, por intermédio do Pe. José Kentenich

Deus Pai todo-poderoso,
És o amor e a misericórdia.
Somente Tu, como Pai onisciente, compreendes tudo o que se passa em mim. Ajuda-me, Pai de bondade, nesta minha grande aflição. Atende-me por intermédio do Pe. José Kentenich. Como fiel sacerdote ele amou tanto a Tua igreja peregrina e procurou conduzir todos os que dele se aproximavam a um amor pessoal a Ti. Foi sábio e humilde conselheiro para todos os que dele precisaram. Concede-me, Pai eterno, por intercessão do Pe. José Kentenich, especialmente a graça (...). Em sinal de gratidão, eu Te ofereço o precioso sangue de Cristo, nas intenções da Santa Igreja e por todos os que se encontram em grande aflição. Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, roga ao Pai Eterno, que conceda ao Pe. José Kentenich a honra dos altares, como recompensa por todo o bem que fez à Igreja, para Teu louvor e a glória da Santíssima Trindade.
Amém.
Rezar 3 "Glória ao Pai".

Oração à Nossa Mãe Maria

Maria,
entre os Apóstolos, cheia de poder,
do Espírito prometido o soprar imploras,
que homens frágeis transformou
e à Igreja o caminho da vitória aponta.
Abre nossas almas ao Espírito de Deus,
Para que de novo Ele o mundo liberte.
Pe. José Kentenich


Oração do Espírito Santo

Espírito Santo,
Tú és a alma da minha alma.
Cheio de humildade Te adoro.
Ilumina-me, fortifica-me, guia-me e consola-me.
Revela-me, tanto quanto isso
ao plano do Eterno Pai corresponde,
revela-me os Teus desejos.
Faze-me entender o que
o Amor eterno de mim deseja.
Faze-me entender o que devo fazer.
Faze-me entender o que devo sofrer.
Faze-me entender o que,
em silêncio, com modéstia e reflexão,
devo aceitar, carregar e suportar.
Sim, Espírito Santo, faze-me entender
A Tua vontade e a vontade do Pai.
Pois, minha vida inteira não quer ser mais
que um contínuo e perpétuo SIM
aos desejos e ao querer do eterno Pai.
Pe. José Kentenich


Oração para canonização do Diácono João Pozzobon:

Deus, nosso Pai, fizeste de João Luiz Pozzobon um esposo e pai exemplar, um amigo dos pobres e um incansável peregrino. Ele dedicou a sua vida a levar a Mãe e Rainha às famílias, hospitais, escolas e presídios, rezando o terço.
Por isso Pai, confiante peço que, se for da Tua vontade, este Teu servo seja canonizado e, por sua intercessão, eu possa receber a graça que tanto necessito: (pedir a graça...)
Assim rezo com Maria, a Grande Missionária, para a Tua Glória, o florescimento da Igreja e a santificação das famílias.
Amém.
Rezar Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

Evangelho (Marcos 10,17-27)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 17quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo, ajoelhou-se diante dele, e perguntou: “Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?” 18Jesus disse: “Por que me chamas de bom? Só Deus é bom, e mais ninguém. 19Tu conheces os mandamentos: não matarás; não cometerás adultério; não roubarás; não levantarás falso testemunho; não prejudicarás ninguém; honra teu pai e tua mãe!”
20Ele respondeu: “Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude”. 21Jesus olhou para ele com amor, e disse: “Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois vem e segue-me!” 22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. 23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos: “Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!” 24Os discípulos se admiravam com estas palavras, mas ele disse de novo: “Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! 25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!” 26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso, e perguntavam uns aos outros: “Então, quem pode ser salvo?” 27Jesus olhou para eles e disse: “Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus tudo é possível”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

A igreja celebra hoje: São Vicente de Lérins

Nascido no norte da França, São Vicente de Lérins, viveu sua juventude em busca das vaidades do mundo e tornou-se militar.

Vicente ao encontrar-se com Deus e se converter, foi se tornando cada vez mais obediente à Palavra do Senhor. Amou a Palavra de Deus.

Entrou para a vida monástica, tornando-se um exemplo de monge. Aprofundou-se nos mistérios de Deus, tornando-se um grande pensador, teólogo e místico.

Combateu muitas heresias no século V.

Eleito Abade, o Mosteiro de Lérins tornou-se um lugar de forte formação para santos e bispos da Igreja.

São Vicente foi um homem doutorado na graça, defensor da verdade e que se consumiu pelo Evangelho.

São Vicente de Lérins, rogai por nós!

Evangelho (João 20,19-23)


— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós!
— Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.
20Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.
21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.
22E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. 23A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem não os perdoardes, eles lhes serão retidos”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Comentário do Evangelho


O dom do Espírito Santo


O dia da ressurreição, primeiro dia da semana, bem delimitado no Evangelho de João, começa com a ida de Maria Madalena ao túmulo de Jesus, "de madrugada [.], quando ainda estava escuro". Agora, "ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana", Jesus manifesta-se aos discípulos reunidos. É um dia completo, que começa com a insegurança do túmulo vazio e termina, em plenitude, com a presença de Jesus ressuscitado, com sua paz eo dom do Espírito Santo. A partir daí inaugura-se a plenitude dos tempos. Nesta narrativa de João, o dom do Espírito Santo se dá com o sopro de Jesus sobre os discípulos. A palavra "espírito" tem origem no Primeiro Testamento, com o significado de "sopro vital". É por este "sopro vital" de Deus que surge a criação na narrativa do Gênesis. Agora, Jesus comunica seu sopro vital, divino e santo, seu Espírito, aos discípulos. Lucas não o menciona na passagem paralela a esta, em seu Evangelho. Ele opta por dar, em Atos dos Apóstolos, um grande destaque a esta comunicação do Espírito Santo, com uma impressiva manifestação divina, teofania, como acontecimento que ocorre na festa judaica de Pentecostes (primeira leitura), a fim de vincular o movimento de Jesus ao Judaísmo de Jerusalém. E é este Espírito que anima as novas comunidades em sua pluralidade de dons, porém formando um só corpo no seguimento e união com Jesus (segunda leitura). A ressurreição, com as aparições sucessivas, é a confirmação de uma realidade que antecede. É a confirmação da condição humana e divina de Jesus de Nazaré. Toda a sua vida foi dom de amor a todos que conviveram com ele, particularmente os discípulos ao longo dos três anos de seu ministério. Agora, os discípulos o percebem claramente. Jesus de Nazaré, filho de Maria, Filho de Deus, é portador e comunicador da vida divina e eterna.

José Raimundo Oliva

A igreja celebra hoje: São Juliano

Mártir

Era casado e tinha um hospedaria. Nela, ela partilhava a vida eterna que tinha em seu coração.

Esposo fiel que amou a família e os necessitados.

No ano de 305 o Imperador Diocleciano começou a perseguição contra os cristãos. Juliano começou então, a acolher em sua hospedaria os cristãos perseguidos.

Alguns homens denunciaram Juliano. Ele foi arrancado de casa e levado ao tribunal.
Por não renunciar a fé em Cristo, foi condenado e decapitado.

Hoje, ele vive com Cristo na Glória.

Continuamos em tempos de perseguição. Veladas em alguns lugares, em outros bem visíveis.

Que o santo de hoje possa interceder para que o Espirito Santo nos ajude a sermos ousados em nosso testemunho. Sem medo da morte e das perseguições, certos de que a nossa recompensa se encontra no céu.

São Juliano, rogai por nós!